OUTROS DESTAQUES
DESEMPENHO
Serviços de Telecomunicações têm retração de 1,1% em fevereiro
sexta-feira, 12 de abril de 2019 , 15h28 | POR REDAÇÃO

Os serviços de telecomunicações tiveram um recuo de 1,1% no mês de fevereiro, na comparação com janeiro. A informação consta na pesquisa mensal do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta sexta-feira, 12. O levantamento também aponta que houve avanço de 1,1% nos dois primeiros meses do ano, mesmo índice encontrado na comparação com fevereiro do ano passado. No entanto, a pesquisa indica retração de 1,3% dos serviços de telecom, nos últimos 12 meses.

Os serviços de telecomunicações constam na cesta de serviços de informação e comunicação, que no mês de fevereiro avançou 0,8% na comparação com o mês anterior e teve incremento de 6,2%.na comparação com o mesmo mês do ano anterior. No acumulado do ano, o avanço foi de 4,8%, e nos últimos 12 meses o incremento foi de 1,2%.

O levantamento também aponta que os serviços de Tecnologia da Informação e Comunicações (TIC) avançou 0,8% na comparação mensal, e 7,3% no confronto com o mesmo mês de 2018. No acumulado do ano, o incremento foi de 6%. Enquanto que nos últimos 12 meses, o avanço registrado foi de 2%.

A pesquisa do IBGE ainda indica que serviços de TI avançaram 4,8% na comparação entre janeiro e fevereiro. Na relação com o mesmo período do ano passado, o avanço foi de 22%. No acumulado do ano, o crescimento foi de 17,3%, enquanto que nos últimos 12 meses o volume de serviços no segmento teve incremento de 9,5%.

Nos serviços audiovisuais, os resultados indicam que na comparação mensal houve um incremento de 0,4%. No entanto, no confronto anual, o recuo foi de 0,8%. No acumulado do ano, a retração foi de 3,1% enquanto que nos últimos 12 meses, o resultado foi de queda de 4,3%.

Resultado geral

Em fevereiro de 2019, o volume de serviços no quadro geral teve variação negativa (de 0,4%) frente ao mês anterior. Com isso, segundo o levantamento, o setor acumula nos dois primeiros meses do ano uma perda de 0,9% e elimina a expansão observada em dezembro de 2018 (0,8%). No confronto com fevereiro de 2018, o volume de serviços cresceu 3,8%, sétima taxa positiva seguida nesse tipo de comparação e o resultado mais elevado desde fevereiro de 2014 (7,0%).

O setor acumula no ano alta de 2,9%, ganhando dinamismo frente ao encerramento de 2018, quando interrompeu três anos seguidos de taxas negativas (2015-2017) e acumulou perda de 11,0%. O acumulado nos últimos 12 meses, ao passar de 0,2% em janeiro para 0,7% em fevereiro de 2019, apresentou o maior resultado positivo desde março de 2015 (1,0%) e manteve a trajetória predominantemente ascendente, observada desde abril de 2017 (quando houve queda de 5,1%).

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top