OUTROS DESTAQUES
Infra-estrutura
Furukawa prevê crescimento de 10% com banda larga e 3G
quarta-feira, 12 de março de 2008 , 19h11 | POR ANA LUIZA MAHLMEISTER

A Furukawa prevê um crescimento de 10% no País neste ano com o aumento da demanda das operadoras e mercado corporativo por infra-estrutura de terceira geração e banda larga. ?Com a 3G teremos mais demanda por cabos ópticos que interligarão estações radiobase (ERBs). A perspectiva é de crescimento de 20% a 30% da capacidade instalada de fibra neste ano?, calcula o presidente da companhia, Foad Shaikhzadeh.
A empresa inaugura em junho uma nova fábrica de cabos ópticos na Argentina, na qual foi investido US$ 3 milhões, para abastecer o Cone Sul. A fábrica de Curitiba, no Paraná, recebe investimentos de R$ 15 milhões até 2010 na modernização da planta que hoje produz cabos telefônicos metálicos, eletrônicos, ópticos, e abriga laboratórios de testes de componentes para FTTx. Segundo Shaikhzadeh, nesses laboratórios foram testados os cabos ópticos para a oferta de banda larga de alta velocidade da Telefônica.
Só em fibra o executivo prevê que o mercado deva consumir neste ano entre 450 mil quilômetros a 500 mil quilômetros, sendo que a fábrica de Curitiba tem capacidade para 600 mil quilômetros.
No ano passado a empresa faturou R$ 368 milhões no Brasil. As exportações representaram 20% desse montante.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top