OUTROS DESTAQUES
Satélites
Telesat lança primeiro satélite de constelação de baixa órbita
sexta-feira, 12 de Janeiro de 2018 , 17h30 | POR RUBENS GLASBERG

A operadora canadense de satélites Telesat lançou com sucesso nesta sexta-feira, 12, seu primeiro satélite de baixa órbita (LEO). O artefato é considerado pela companhia a fase 1 da constelação LEO global que pretende lançar futuramente. A empresa já conta com autorização da agência reguladora norte-americana Federal Communications Commission (FCC) para atuar no mercado dos Estados Unidos desde novembro do ano passado.

A constelação LEO da Telesat deverá entregar banda larga de alta performance e "tipo fibra" para clientes de negócios, governo e varejo em "qualquer lugar no mundo". O sistema contará com aproximadamente 120 satélites até 2021, embora a companhia esteja considerando expandir essa configuração inicial.

A fase 1 demonstrará em testes os recursos do design do sistema da Telesat, em particular a capacidade do satélite e de terminais para consumidor de entregar experiência de banda larga em baixa latência. A infraestrutura terrestre será baseada em Allan Park, no Canadá, onde a empresa conta com teleporto e clientes para os testes iniciais.

O satélite foi lançado a bordo do foguete Polar Satellite Launch Vehicle (PLSV), operado pela Organização de Pesquisa Espacial Indiana (ISRO, na sigla em inglês). O satélite foi construído pela britânica Surrey Satellite Technology (SSTL), parte do grupo Airbus Defence and Space.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
, ,
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
 
Top