OUTROS DESTAQUES
Nova Oi
Anatel aprova membros para Conselho de Administração Transitório da Oi
sexta-feira, 12 de Janeiro de 2018 , 20h08

Após Circuito Deliberativo nesta sexta-feira, 12, o Conselho Diretor da Anatel aprovou a composição do Conselho de Administração Transitório da Oi. Os novos membros que tiveram a posse aprovada são Marcos Grodetzky, Eleazar de Carvalho Filho e Marcos Bastos Rocha, nomes que haviam sido indicados na Assembleia Geral de Credores da Recuperação Judicial da companhia no final do ano passado. De acordo com a agência, a análise se restringiu "exclusivamente à solicitação da anuência prévia para a composição do referido conselho, nos termos e condições constantes da cláusula 9.2 do Plano de Recuperação Judicial da companhia".

A Anatel também deu ciência à decisão que homologou o plano da RJ da Oi dada pelo Juiz da 7ª Vara Empresarial do Estado do Rio de Janeiro, Fernando Viana, à Advogada-Geral da União, Grace Mendonça; à Comissão de Valores Mobiliários (CVM); e ao ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab.

Marcos Grodetzky, vale lembrar, já fez parte do conselho de administração da Oi. Ele renunciou ao cargo em setembro de 2016, três meses após a saída de Bayard Gontijo da presidência da operadora e em meio a problemas com o grupo Société Mondiale, ligado ao empresário Nelson Tanure.

Já Eleazar de Carvalho Filho já foi presidente do BNDES e ligado à Embrapar, que foi incorporada pela Claro Telecomunicações (grupo da América Móvil e que controla Claro, Embratel e Net no Brasil) em 2014. Marcos Bastos Rocha, por sua vez, tem experiência em levantamento de fundos, fusão e desenvolvimento de negócios, e é sócio da consultoria independente Dealmarker.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
, ,
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
 
Top