OUTROS DESTAQUES
Pode faltar fibra no mercado, diz fabricante
quarta-feira, 12 de janeiro de 2000 , 21h40 | POR REDAÇÃO

Executivo de uma das maiores indústrias de fibras ópticas no país acredita que o segmento pode não conseguir acompanhar a demanda por estes produtos no Brasil, especialmente no primeiro semestre. Motivo: a grande procura por fibras nos Estados Unidos, decorrente da onda de fusões e reestruturações das redes das empresas de telecomunicações. "As empresas no Brasil têm a capacidade produtiva instalada, mas ainda somos dependentes da importação dos insumos para a fabricação das fibras", explica a fonte. Os reflexos mais imediatos serão o aumento no preço das fibras justamente em uma época em que os operadores brasileiros estão preparando a expansão das suas redes ou, no caso das empresas-espelho, começando a construí-las. Naturalmente, este aumento é do interesse do fabricante (daí a análise), mas vale o alerta.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top