OUTROS DESTAQUES
National Grid e France Telecom não vão comprar parte da Sprint
quarta-feira, 12 de janeiro de 2000 , 21h40 | POR REDAÇÃO

O ministro Pimenta da Veiga afirmou nesta quarta, dia 12, que tem informações confirmadas de que a France Telecom e a National Grid já abriram mão de seu direito de preferência de compra das ações da Sprint. Mas as duas empresas afirmaram, no entanto, que não abrem mão de seu poder de decidir sobre o novo sócio. Segundo o ministro essa decisão foi tomada com o objetivo de acelerar o processo de venda. O presidente da Intelig, Fernando Terni, e Wob Gerretsen, presidente da National Grid, que estiveram com o ministro, não quiseram confirmar as declarações de Pimenta, argumentando que essas são informações de mercado.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top