OUTROS DESTAQUES
Mais uma vez, temor é empresa separada
quarta-feira, 12 de janeiro de 2000 , 21h40 | POR REDAÇÃO

Apesar da confiança de que a tele não separará o negócio de Internet da holding, operadores do mercado de ações dizem que alguns acionistas minoritários com grandes posições na Telesp Participações ainda temem a criação de uma empresa separada para a operação de Internet, que seria a decisão mais rentável para a Telefônica. TELETIME News tentou obter uma posição oficial da companhia, mas não obteve resposta. Se for confirmado o fato relevante favorável aos acionistas minoritários, tende a haver uma demanda mais forte por ações ordinárias (ON) da Telesp Participações, que ainda apresenta um expressivo deságio de 70% em relação às preferenciais (PN).

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top