OUTROS DESTAQUES
Governo
Embratel: denúncia contra consórcio no PE Conectado II é "totalmente infundada"
quinta-feira, 11 de abril de 2019 , 19h08

Em seguida à manifestação da Oi sobre a licitação do programa PE Conectado II, do Governo do Estado de Pernambuco, a Embratel também enviou posicionamento nesta quinta-feira, 11, para se defender das acusações. No comunicado, endereçado como "carta aos pernambucanos", a companhia diz estar surpreendida com o desenrolar da história e reitera ter vencido o leilão pelo lote 1 da rede de dados do programa (em consórcio com a Primesys e a Smart Network, agora Algar) e apresentado toda a documentação necessária. Diz ainda que usará todos os meios legais para "preservar a lisura do processo".

A companhia diz que está sendo utilizada uma "denúncia anônima, totalmente infundada, para tentar inabilitar o consórcio e favorecer um outro fornecedor que já presta serviços no Estado". Logicamente, o outro fornecedor no caso é a Oi, vencedora do primeiro PE Conectado em 2012, e agora terceiro lugar na licitação da segunda versão do programa. A segunda colocada no lote de dados foi a alagoana Aloo Telecom, mas a operadora possivelmente terá dificuldades de ser classificada pela falta de critérios técnicos.

Confira abaixo o posicionamento da Embratel na íntegra, incluindo link para a pesquisa no Sistema Eletrônico de Informação (SEI) do governo pernambucano. Na página, o documento mais atualizado é o relatório de 2 de abril, no qual a Comissão Especial de Licitação (CEL) julga improcedente os recursos da Oi contra a Embratel (além de decisões contra recursos apresentados em outros lotes).

CARTA AOS PERNAMBUCANOS

O consórcio liderado pela Claro/Embratel está acompanhando com grande surpresa as movimentações do Projeto Pernambuco Conectado II.

Ganhamos o edital via leilão online, apresentamos toda a documentação necessária e recebemos a validação de nossa capacidade técnica de entrega. O resultado público a nosso favor foi divulgado pela Comissão Especial de Licitações, em 27/03/19.

Surpreendente, está sendo utilizada uma denúncia anônima, totalmente infundada, para tentar inabilitar o consórcio e favorecer um outro fornecedor que já presta serviços no Estado, em detrimento inclusive da economia que será gerada para o Estado de Pernambuco.

O consórcio usará todos os meios legais para preservar a lisura do processo e, assim, permitir que o Estado de Pernambuco e sua população recebam a melhor infraestrutura de internet e os melhores serviços de Wi-Fi do Brasil, sem pagar a mais por isso.

Documentos públicos estão disponíveis no link:

https://sei.pe.gov.br/modulos/pesquisa/md_pesq_processo_exibir.php?HWCRzAlTp6p9oPY_i_Z7kgnYB2ccQkOK5gn2cmIj2wTf7px4wv6Eh7aheEk6fR1NHbsnAK5kMtfgiwXDAND0fKtybuuavaXqfJO6WGLZdjnt3d9zccuVDtskfK-faGKM


COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top