OUTROS DESTAQUES
Mídia digital
Crítico de publicidade acredita no fim da televisão aberta
terça-feira, 11 de março de 2008 , 20h13 | POR DANIELE FREDERICO

O evento de comunicação digital, Proxxima 2008, começou nesta terça-feira, 11, com a apresentação do colunista da Advertising Age, Bob Garfield. Ele acredita que o fim da publicidade e dos meios tradicionais, na forma como a conhecemos, está próximo. ?Publicidade não é conteúdo. É algo que fica no caminho entre o espectador e o conteúdo?, afirma.
Os hábitos do consumidor estão mudando, e neste conexto até mesmo a TV broadcast pode desaparecer, segundo Garfield. Ele rebate a afirmação de que nenhum meio de comunicação desaparece devido ao surgimento de outro. ?Como dizem por aí, o rádio não desapareceu com o surgimento da televisão. Porém, ele sofreu muitas mudanças e deixou de ser o entretenimento do horário nobre nas casas das pessoas?, afirma.
Ele diz ainda que não só o rádio, mas também a indústria fonográfica foi fortemente atingida pela revolução digital. ?O iPod já revolucionou duas indústrias para pior?, acredita.
Neste cenário, a televisão broadcast também estaria fadada ao fim. E Garfield acredita que este fim pode estar mais próximo do que se imagina ? cinco anos, em média. ?Não acho que este meio sobreviverá, porém, caso sobreviva, será em virtude dos eventos ao vivo, como esportes e shows?.
A solução para salvar o mercado publicidade? Trabalhar com marketing. ?Os marketeiros ficarão bem. São eles que vão criar o engajamento com os clientes?, diz. ?Já as agências só tem chances de sobrevivência como boutiques, não grandes corporações?, conclui.
Entre os expositores da feira do Proxxima, está presente o Cartoon Network, da Turner, que demonstra o novo site com recursos 2.0 do canal infantil. Com as novas ferramentas, os usuários poderão criar avatares divertidos para interagir entre si nas comunidades do site.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top