OUTROS DESTAQUES
Novo governo
Operadoras têm primeira reunião com Marcos Pontes e ouvem manifestação de apoio ao PLC 79
segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 , 22h37

As operadoras de telecomunicações tiveram, na última sexta, dia 7, a primeira reunião exclusiva com o novo ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes. Um primeiro contato já avia acontecido na semana anterior, mas em conjunto com representantes do setor de TICs. Na reunião do dia, estiveram presentes os presidentes  da Telefônica e Algar e diretores da TIM, Claro e Oi, além do SindiTelebrasil e do futuro secretário-executivo Júlio Semeghini e mais dois assessores da equipe de Marcos Pontes. Elifas Gurgel, ex-presidente da Anatel e atualmente no gabinete de transição, não participou do encontro. Os relatos apurados por este noticiário foram positivos.

O ministro ouviu um diagnóstico do setor e boa parte dos pontos que têm preocupado as operadoras, especialmente a necessidade de reforma no modelo legal, a necessidade de políticas públicas e as questões tributárias. Também falou-se do projeto de criação de um Sistema S para o setor de TIC e da importância deste modelo para a capacitação e formação de mão-de-obra para o setor, e dos modelos de leilão de espectro, sobretudo para o cenário de 5G, com ênfase na importância de leilões sem foco arrecadatório.

O ministro, que ainda não estava familiarizado com a importância e as dificuldades do PLC 79/2016, mostrou disposição de defender a reforma do modelo no início do governo Bolsonaro, caso a mudança não aconteça ainda este ano. Também afirmou que assume o ministério com plena liberdade para a montagem de sua equipe. Júlio Semeghini fez um relato aprofundado de sua relação histórica com o setor de telecomunicações e elogiou a postura da indústria, especialmente na relação ética que manteve, nas palavras de Semeghini, com o Congresso. Marcos Pontes, contudo, não antecipou nenhum novo nome para  seu secretariado nem anunciou nenhuma mudança de estrutura.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top