OUTROS DESTAQUES
SVA
Twistbox vem ao Brasil com novo modelo para games
terça-feira, 10 de julho de 2007 , 19h13 | POR HELTON POSSETI

A norte-americana Twistbox desembarca no Brasil com uma nova proposta para games no celular. Trata-se do modelo conhecido por ?play for prizes?, através do qual é possível organizar uma disputa entre os jogadores durante um determinado período ou região do País, premiando aqueles que conseguirem mais pontos. A empresa contratou Alexander Dannias (ex-SmartTrust) para assumir as operações no Brasil e tentar se livrar de um grande obstáculo para o oferecimento desse tipo de serviço: a aprovação da Caixa Econômica Federal (CEF). Dannias afirma que em alguns outros países onde existe normativa semelhante, a empresa conseguiu lançar os jogos sem autorização porque, segundo ele, não há relação de sorte e azar nos jogos. ?O prêmio vai para quem tiver mais qualificação técnica?, diz ele.
Dannias informa que a Twistbox negocia o lançamento de um jogo com uma operadora brasileira, o que deve sair em torno de 30 dias. ?Nas nossas negociações estamos alertando todas as operadoras sobre essa questão?, diz o executivo que já tem um documento preparado para ser enviado à CEF no qual consulta o órgão sobre a permissão. A necessidade de autorização pode atrasar os planos da Twistbox no Brasil, uma vez que questões burocráticas como essa não costumam ser resolvidas rapidamente. Apesar de tudo, Dannias está confiante. Até o final do ano, o plano da companhia é estar em todas as operadoras. ?Fizemos um estudo que mostrou que o brasileiro está acostumado a pagar por isso?, diz ele.
O modelo ?play for prizes? permite às operadoras desenvolver um variado número de promoções e dividir as premiações por Estado, por data etc. Além dos jogos, a Twistbox é forte em conteúdo adulto e pretende fornecer jogos exclusivos para grandes empresas que podem utilizá-los em ações de marketing no lançamento de novos produtos, por exemplo. A empresa está montando escritório no Brasil com equipe reduzida. Toda a parte de força de vendas e suporte foi terceirizada para a Bsmart Latin America.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O Forum das Operadoras Alternativas é um seminário no qual se discute o uso de novas tecnologias, frequências de espectro e modelos de negócios para a construção de redes sem fio para o provimento de acesso à Internet e aplicações de Internet das Coisas (IoT). A organização é uma parceria entre Mobile Time e Teletime.

Público alvo: Executivos das áreas de TI, operações, marketing e desenvolvimento de negócios de grandes empresas com projetos de IoT e MVNO, operadoras de telecomunicações, provedores de Internet e fornecedores de infraestrutura de telecom

26 de Março
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

Primeiro encontro destinado ao debate do uso de novas tecnologias, frequências de espectro e modelos de negócios para a construção de redes sem fio para o provimento de acesso à Internet e aplicações de Internet das Coisas (IoT

26 de Março
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top