OUTROS DESTAQUES
Estrutura das operadoras não muda a curto prazo
quarta-feira, 10 de março de 1999 , 21h00 | POR REDAÇÃO

Fonte de primeira linha diz que é pouco provável que as novas holdings que controlam o ex-Sistema Telebrás mudem a estrutura das operadoras compradas durante o processo de privatização. A informação vai contra os rumores de que a Tele Norte Leste mudaria a estrutura de funcionamento das 16 operadoras de sua área de abrangência para reduzir custos administrativos. Alguns grupos de acionistas minoritários chegam a cogitar que a companhia poderia fazer uma oferta pública de compra para depois fechar o capital. "Não há nem interesse nem capital para isso", comenta o CEO de um dos grupos mais atuantes em telecomunicações. Para ele, a consolidação vai acontecer, mas é um processo de longuíssimo prazo.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top