OUTROS DESTAQUES
A razão da urgência
quarta-feira, 10 de fevereiro de 1999 , 22h55 | POR REDAÇÃO

Para Stael Silva Filho, a possibilidade de escolha por parte do usuário entre os operadores de longa distância a partir de julho de 99 já é suficiente para antecipar os investimentos em digitalização, "que podem chegar a algumas centenas de milhões de dólares". Mesmo assim, a mudança gradual dos números dos terminais também gera despesas, como uma maior utilização da rede com ligações que não geram receita – ligações para o número antigo, por exemplo – e o maior número de ligações para serviços de atendimento. A pressa em solucionar estes problemas de maneira eficaz deve-se ao fato de que uma otimização do serviço aumentará a margem da própria operadora.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top