OUTROS DESTAQUES
MVNO
Datora anuncia investimentos em tecnologia e escritório no Vale do Silício
terça-feira, 09 de outubro de 2018 , 18h46

O grupo Datora, que controla a Datora Mobile (MVNO das marcas Vodafone e British Telecom no País), anunciou nesta terça-feira, 9, investimentos para instalação no Vale do Silício, nos Estados Unidos, e futuro lançamento de novas tecnologias de redes como 5G e LPWA. A estratégia da companhia, que completa 25 anos no Brasil, acontece após a operadora móvel virtual especializada em Internet das Coisas e comunicação máquina-a-máquina obter crescimento de 40% em faturamento e aumento de 70% na base de clientes no primeiro semestre deste ano. Segundo dados mais recentes da Anatel, a MVNO encerrou agosto com 271,7 mil acessos.

O plano da Datora é lançar "novos produtos" até o final deste ano, além de abrir o novo escritório norte-americano para atrair empresas que queiram atuar no Brasil, especialmente no ecossistema de IoT. O grupo foi o primeiro a obter a licença de MVNO autorizada no País, e atualmente possui três operações: Fonelight, Vodafone e British Telecom, todas focadas em conectividade e IoT. "Além disso, outros parceiros estão em fase de prospecção e testes. A empresa segue prospectando novas MVNOs para lançar no mercado", diz a companhia em comunicado.

Há também no horizonte da companhia o desenvolvimento de novos canais de venda, plataformas de gestão e soluções de IoT. Pretende ainda aumentar investimentos em core de rede, que afirma ser o primeiro em nuvem e com capacidade para suportar até 5 milhões de SIMcards.

"Atravessamos cenários desafiadores no país ao longo desse período e tivemos que nos transformar diversas vezes. Em um mercado competitivo como o da telecomunicação, chegar aos 25 anos gera confiabilidade e demonstra solidez do negócio", declarou no comunicado o CEO e co-fundador da Datora, Tomas Fuchs. Vale lembrar que a MVNO da Porto Seguro anunciou no começo do mês o encerramento das operações, focadas não apenas em M2M, mas também no consumidor final.

O grupo brasileiro tem filiais na Suécia, Espanha, EUA, Guatemala, Argentina e Colômbia, e afirma conectar mais de 1.200 empresas nacionais e internacionais de diferentes setores. No Brasil, a Datora está presente em 12 cidades.

COMENTÁRIOS

1 Comentário

  1. Luiz Carlos Minatti disse:

    Parabéns! pelo sucesso que vocês tem obtido. Moro no final do estado de São Paulo, numa região cheia de assentamentos, com mais de cem na região. Durante vinte e tres anos trabalhei como investigador convivendo com os assentados e técnicos do governo, poderiam terem alcançados sucesso se tivessem uma politica séria, onde os técnicos vivem com eles nos assentamentos. Eu quero dizer que talvez a vossa empresa quisesse fazer investimentos em reflorestamento como forma de investimentos fazendo parcerias, na plantação e cultivo das espécies:como cedro rosa, ipê roxo e mogno africano. O cedro rosa e ipê roxo depois de 20 a 25 anos dá um metro cúbico e suas madeiras em toras, hoje valem dois mil e quinhentos reais (bruta) o metro cúbico, preço de hoje, mas se forem beneficiada triplica o valor, pois são madeiras nobres utilizadas na confecções de móveis de alto valores. Cito a duas pois são nativas da minha região. Crteio que muitos assentados fariam parcerias e quem investissem teriam um alto rendimento no futuro, que poderíamos chamar de "Previdência verde". bem se interessarem antes de ser investigador fui madeireiro, e entendo da coisa, pois também sou gestor ambiental. Investimento certo, acompanhado e fiscalizados pelos investidores. Abraço

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top