OUTROS DESTAQUES
Espectro eletromagnético, radiofrequência, frequência
Espectro
Nokia testará ondas milimétricas para 5G nos Estados Unidos
segunda-feira, 09 de maio de 2016 , 17h33

A Nokia entrou com pedido na agência reguladora norte-americana, a Federal Communications Commission (FCC), para uso de frequências para testes 5G. A intenção da fornecedora finlandesa é de testar equipamento de "um dos clientes" em um endereço na cidade de Ridgeland, no estado do Mississippi, no período de 1º a 25 de julho. De acordo com documento no banco de dados da FCC, as frequências solicitadas são de 68 GHz a 76 GHz, ou seja, ondas milimétricas, e serão utilizados apenas uma estação radiobase e uma unidade móvel. O endereço remete a um prédio corporativo da C Spire, uma companhia de soluções de cloud e fibra até a residência (FTTH).

As faixas são as mesmas que a Nokia pediu para testes de 5G com a operadora Sprint em dois estádios na Califórnia e na Filadélfia que serão executados em junho, durante o torneio de futebol Copa América, o que indica que esse novo teste no Mississipi possivelmente também seja com a mesma parceira. Os testes da Nokia no estádio Levis na Califórnia utilizarão 12 dispositivos de transmissão, incluindo seis peças de equipamento móvel e mais seis de fixos.

O pedido de uso de espectro em caráter experimental à FCC é comum no desenvolvimento de novas tecnologias. O Brasil deverá ter seus próprios testes de campo com a Ericsson e a América Móvil já neste segundo semestre e avaliam que frequências pedir à Anatel em caráter temporário. Na Filadélfia, os testes da Sprint também serão com a Ericsson, mas nas faixas de 14,5 GHz a 15,35 GHz – mesma frequência revelada como possível candidata para o Brasil, segundo revelou a este noticiário a vice-presidente de estratégia da fornecedora sueca, Carla Belitardo, no final de abril.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top