OUTROS DESTAQUES
Canbrá oferecerá capacidade para 1,6 milhão de linhas
terça-feira, 09 de março de 1999 , 19h35 | POR REDAÇÃO

A Canbrá, espelho da Tele Norte Leste para telefonia fixa, planeja implantar sua rede com capacidade para 1,6 milhão de linhas até o final do ano (350 mil só na cidade do Rio de Janeiro), como está previsto no plano de metas da Anatel. Até o ano 2000, a capacidade será para 2,2 milhões de terminais. Do total de 51 cidades da região coberta pela operadora, 29 serão atendidas até dezembro e o restante no próximo ano. O serviço será lançado experimentalmente em outubro em um município ainda não definido. As informações são do presidente da empresa, Gilberto Geraldo Garbi, que foi apresentado formalmente à imprensa nesta terça, 9, no Rio de Janeiro, com outros dois executivos: Rafael Steinhauser, que era vice-presidente de infra-estrutura da Qualcomm e assume como vice-presidente executivo da Canbrá, e William Dunbar, COO (Chief Operating Officer), que será responsável pela engenharia de implantação da rede.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top