OUTROS DESTAQUES
BANDA LARGA
Nova etapa do Amazônia Conectada levará banda larga a 144 mil pessoas
sexta-feira, 08 de abril de 2016 , 17h13

Mais uma etapa do programa Amazônia Conectada teve início, com o lançamento de cabo de fibra óptica de 242,5 quilômetros de extensão, entre os municípios de Coari e Tefé. Com a chegada do programa, a expectativa é que 144 mil pessoas das duas cidades sejam beneficiadas com essa nova infraestrutura de telecomunicações, informa o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

O cabo subfluvial de 390 toneladas ligando Coari a Tefé faz parte da infovia do rio Solimões, uma das cinco que serão "construídas" pelo governo federal pelos leitos dos rios amazônicos. Após o lançamento do cabo óptico, testes estão sendo realizados com equipamentos que "multiplicam a capacidade e implementam funcionalidades de rede em sistemas de longa distância", indica a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), organização social vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação MCTI.

Segundo a RNP, a próxima fase do Amazônia Conectada vai estender a infovia do Solimões de Tefé a Tabatinga, um trecho de 942 quilômetros. Somando todas as infovias, são mais de nove mil quilômetros de fibra óptica para implantação de cabos subfluviais nos rios Negro, Solimões, Madeira, Purus e Juruá, interligando 52 municípios até 2017. Um investimento de R$ 1 bilhão para atender 3,8 milhões de habitantes da região.

A expectativa dos órgãos é de que quando o programa estiver concluído, seja possível oferecer a população uma série de serviços de rede de dados com a mesma qualidade da capital. "Significa, para a região, expandir a infraestrutura de comunicações na Amazônia e fomentar o desenvolvimento do Programa Nacional de Banda Larga, expandir programas como tele-ensino e telessaúde, promover a inclusão digital de povos indígenas e comunidades ribeirinhas, melhorar as comunicações militares administrativas e operacionais e promover a interiorização de políticas públicas do governo federal e estadual", ressalta a RNP.

O programa Amazônia Conectada foi lançado em julho de 2015 pelos ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação, Defesa e Comunicações e tem a participação da RNP.

COMENTÁRIOS

1 Comentário

  1. Jefferson da Silva Vicente disse:

    Esse projeto só no papel pois ja se passaram 3 anos de seu início e nada de funcionar. triste realidade.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top