OUTROS DESTAQUES
Satélite
SES assina parceria com Alcan, Isotropic e Viasat
quinta-feira, 08 de março de 2018 , 15h59

A operadora de satélites SES anunciou acordo com Alcan, Isotropic Systems e Viasat para utilização do sistema de comunicações O3b mPower. De acordo com a empresa nesta quinta-feira, 8, as três parceiras tecnológicas foram contratadas pela SES para "desenvolver soluções inteligentes e de alto throughput, um bloco fundamental na construção do cronograma de inovação da infraestrutura terrestre do sistema". Assim, a solução Customer Edge Terminals (CET) combinará tecnologia de antena ajustável com a funcionalidade de capacidades de modem, redes e computação na ponta. Assim, espera entregar capacidade de rede avançada em moldes de terminais otimizados para um custo específico de mercado, desempenho e potência de fácil instalação. A SES considera que isso é estratégico para a escalabilidade do sistema de órbita média (MEO) para a conectividade em massa.

A operadora satelital explica que cada parceiro tem abordagens para contribuir para a tecnologia de antena. A estratégia de desenvolvimento é fundamental, segundo a SES, para fazer o serviço ficar mais rápido, fácil e mais acessível para expansão em mercados móveis, de dados fixos e de governo.

A Alcan trabalha no desenvolvimento de uma antena inteligente que é plana, de baixo consumo energético e não tem partes mecânicas. O equipamento tem capacidade de direcionamento de feixe eletrônico, que é implantada usando painéis de cristal líquido que podem ser fabricadas a baixo custo em linhas de montagem. Já a Isotropic Systems está desenvolvendo um terminal de baixo custo, baixo consumo energético, capacidade de banda instantânea e que é baseado em tecnologia ótica e de direcionamento multifeixe eletrônico, que permite transmitir e receber sinais de grande capacidade de banda na mesma abertura modular e escalável.

A Viasat, empresa com quem a Telebras recentemente assinou parceria para uso do Satélite Geoestacionário de Defesa e Conectividade (SGDC), está elaborando um sistema de antenas de painel plano totalmente eletrônico e com feixe duplo. A antena é baseada na tecnologia proprietária de painel plano, com circuito integrado de radiofrequência e abordagem modular para permitir diferentes tipos de terminais de usuário.

A SES espera contar no sistema O3b mPower com sete satélites MEO, que estarão equipados com mais de 30 mil feixes direcionáveis eletronicamente e que podem ser movidos em tempo real. A frota, construída pela Boeing, deverá ser lançada em 2021 e deverá ter capacidade de "múltiplos terabits de throughput globalmente", cobrindo uma área de quase 400 mil km2.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

As publicações TI Inside, especializada no universo das Tecnologias a Informação, e TELETIME, foçada no mercado de telecomunicações, juntam forças para trazer um evento voltado para o universo da transformação digital e a exploração da nova fronteira dentro das empresas de telecom: a análise de dados gerados a partir das redes, o desenvolvimento de novos serviços inteligentes e as novas plataformas de relacionamento. Um evento voltado para empresas de telecomunicações e provedores de serviços e soluções de cloud, big data aplicado a telecom, analytics, customer experience, SDN e NFV

19 de setembro
Hotel Pulmann, SP, Brasil
EVENTOS

As publicações TI Inside, especializada no universo das Tecnologias a Informação, e TELETIME, foçada no mercado de telecomunicações, juntam forças para trazer um evento voltado para o universo da transformação digital e a exploração da nova fronteira dentro das empresas de telecom: a análise de dados gerados a partir das redes, o desenvolvimento de novos serviços inteligentes e as novas plataformas de relacionamento. Um evento voltado para empresas de telecomunicações e provedores de serviços e soluções de cloud, big data aplicado a telecom, analytics, customer experience, SDN e NFV

19 de setembro
Hotel Pulmann, SP, Brasil
Top