OUTROS DESTAQUES
Satélite
Yahsat alcança 571 cidades com banda larga via satélite e quer mil até março
sexta-feira, 08 de fevereiro de 2019 , 18h33

Conforme adiantado por este noticiário no mês passado, a oferta de banda larga fixa via satélite da Yahsat alcançou dez estados brasileiros após a expansão da cobertura para o Maranhão, Alagoas, Mato Grosso do Sul e Paraná. Dessa forma, o serviço voltado para usuários finais e pequenas e médias empresas já está presente em 571 municípios. O objetivo é ultrapassar as 1 mil cidades cobertas até março.

Após o lançamento comercial em novembro do ano passado, a oferta de banda larga da Yahsat estava concentrada nos estados de São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Rondônia. Baseada em banda Ka, a conectividade do projeto é fornecida pelo satélite Al Yah 3, lançado em janeiro de 2018 e cuja cobertura pode alcançar até 95% do território nacional. Sediada nos Emirados Árabes Unidos, a Yahsat afirma já ter investido mais de US$ 200 milhões no Brasil desde 2010.

Tal qual outros players do segmento satelital, a abordagem da empresa é concentrar a oferta de planos em locais onde é escassa ou não há serviços de Internet a cabo ou fibra. Em 2018, os acessos de banda larga fixa via satélite registraram um avanço de 54,5 mil (crescimento de 40,68%), totalizando 188,4 mil contratos. A competição na vertical deve se acirrar assim que a Telebras superar o imbróglio judicial que impede o início da operação comercial do SGDC.

Confira os pacotes, conforme comunicou a Yahsat:

*Mensalidade já incluindo desconto de R$ 10 para consumidores que optarem por fatura digital e R$ 30 para pagamento com cartão de crédito ou débito automático em conta corrente.
** Adesão promocional para clientes que optarem por contratação pelo período de 12 meses.
***Acesso online na área restrita do site, no qual o cliente pode alterar a senha e login do wifi, verificar o histórico das faturas e baixar a segunda via, suporte técnico online entre outros.

 

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top