OUTROS DESTAQUES
Mobilidade
Globo avalia adoção do LTE Broadcast
segunda-feira, 06 de junho de 2016 , 20h53

A Rede Globo pode aderir ao LTE Broadcast, tecnologia que permite distribuir conteúdo de vídeo simultaneamente para diversos usuários de dispositivos móveis através da rede 4G, especialmente dentro de eventos, como torcedores em estádios de futebol.

A rede de TV realizou reuniões recentemente com fornecedores da tecnologia sobre a possibilidade de fazer testes e adicionar a tecnologia como opção em sua programação. Uma fonte próxima ao tema revelou a MOBILE TIME que as conversas para adoção da tecnologia estariam avançadas. Procurada, a Globo informou por meio de nota que ainda está em "fase inicial de estudos da tecnologia e acompanhamento de testes."

No Brasil, a Claro, Net e Globosat realizaram testes do LTE Broadcast em fevereiro deste ano durante o torneio de tênis Rio Open, com apoio dos fornecedores da tecnologia, Ericsson, Qualcomm e Samsung. No entanto, o executivo ligado ao tema informa que as conversas entre fornecedores e a operadora "esfriaram".  Em resposta a este noticiário, a Claro respondeu que está trabalhando para viabilizar o uso comercial da tecnologia.

Além da Globo, as conversas estariam adiantas com a TIM. O modelo de negócios, principal entrave para adoção da tecnologia, já estaria praticamente definido. A ideia seria imitar o formato implementado na Coreia do Sul, com transmissão de eventos. A TIM por sua vez preferiu não comentar sobre o tema ou sobre futuros testes do LTE Broadcast pela operadora no Brasil.

COMENTÁRIOS

2 Comentários

  1. Walter Silva disse:

    Kkkkk, isto só pode ser piada, esta tecnologia exite ha anos através de URLs curtas na nuvem e, já foi oferecida para estas empresas pena que os executivos das mesmas não são preparados e nem têm a visão correta do que vem pela frente.
    Demoram a entender para pegar.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top