OUTROS DESTAQUES
Oi e TIM adotam medidas para evitar uso de aparelhos GSM "piratas"
quarta-feira, 05 de junho de 2002 , 21h14 | POR REDAÇÃO

A Oi e a TIM estão se precavendo para evitar o uso de aparelhos GSM não certificados, uma prática a ser facilitada pelas características desta tecnologia. As operadoras vão monitorar seus usuários a partir de três listas: a "black list" (lista de usuários bloqueados), a "grey list" (usuários em observação) e a "white list" (usuários liberados, que não apresentam nenhum tipo de problema). Os aparelhos GSM, diferentemente dos handsets TDMA e CDMA, podem ser adquiridos e usados pelos assinantes sem certificação. O que vale mesmo, para a operadora, é o SIM card, um chip com as informações referentes ao cliente, que pode ser transferido de um aparelho para outro. Desta forma, se não houver controle, o usuário após a primeira habilitação pode usar aparelhos adquiridos no exterior, por conta própria em viagens ou mesmo por contrabando, à revelia da operadora. O uso de aparelhos não-certificados pode causar problemas na rede, e esse é um dos motivos para o controle. A existência dessas listas, contudo, não pressupõe um bloqueio imediato de usuários do sistema.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top