OUTROS DESTAQUES
Fundos querem que Opportunity devolva R$ 5,5 milhões para Invitel
quarta-feira, 05 de junho de 2002 , 21h14 | POR REDAÇÃO

Os fundos de pensão Previ, Petros e Telos entraram com uma ação na 5ª Vara Empresarial de Falências e Concordatas do Rio de Janeiro na semana passada contra o Opportunity. O objetivo é recuperar R$ 5,5 milhões que o banco cobrou em 1999 da Invitel pela realização de uma oferta pública de ações referente ao pagamento da segunda parcela da privatização das operadoras que hoje compõem a Brasil Telecom (BrT). O valor representa 1,1% da parcela, que totalizava R$ 500 milhões. Segundo o advogado que representa os fundos, Sergio Mannheimer, não havia necessidade dessa oferta ser pública, já que os subscritores – ou seja, as próprias fundações e o Opportunity, ambos sócios em Invitel – já eram conhecidos. A Invitel é a controladora de Solpart, empresa que também tem como sócia a Telecom Italia e que, por sua vez, controla a Brasil Telecom.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top