OUTROS DESTAQUES
CIDADES INTELIGENTES
Ministério das Cidades quer incorporar conceito de smart city nas políticas públicas
terça-feira, 05 de abril de 2016 , 21h54

O Ministério das Cidades vai consolidar o tema de cidades inteligentes nas políticas públicas do órgão. A informação foi prestada pela diretora do departamento de Políticas de Acessibilidade e Planejamento Urbano, Ana Paula Bruno, ao apresentar as ações da pasta no Smart City Business Congress & Expo, que reuniu em Curitiba (PR), representantes de diversos países, CEOs de grandes e pequenas empresas de tecnologia, gestores públicos, empreendedores e especialista em soluções inovadoras para melhorar a qualidade de vida nas cidades.

"A proposta é incorporar a abordagem de cidades inteligentes nas políticas públicas já desenvolvidas pelo Ministério das Cidades, de forma a torná-las mais eficientes e contribuir para a solução de problemas históricos das nossas cidades", explicou Ana Paula. Dos debates sobre o tema, resultou o desafio de encontrar os parceiros, conectá-los em rede, e potencializar suas vocações já que é muito importante explorar as qualidades dos APLs (Arranjos Produtivos Locais) de tecnologia da informação e comunicação.

Segundo a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), órgão ligado ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, no Brasil já existem 31 APLs de tecnologia da informação. Este debate pretende apontar algumas das inúmeras oportunidades de negócios no mercado das "smart cities", atual e futuro, cujo impacto pode superar US$ 1 trilhão no mundo.

COMENTÁRIOS

1 Comentário

  1. Rex Bell disse:

    Somos uma empresa que estamos voltados para este assunto.
    Solicito envio de convites para outros debates, feiras, congressos.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top