OUTROS DESTAQUES
Fundos aceitam proposta se ela não for "virtual"
terça-feira, 05 de Fevereiro de 2002 , 21h11 | POR REDAÇÃO

Nos próximos dias, os fundos de pensão enviarão uma carta à Brasil Telecom explicando mais uma vez porque não estão interessados na proposta que a operadora fez por sua participação em Newtel. São três os motivos: 1) a proposta ainda precisaria ser aprovada pela assembléia e pelo conselho administrativo da Brasil Telecom; 2) há uma decisão judicial impedindo a venda direta ou indireta do controle de Newtel; 3) há um imbróglio regulatório que precisaria ser verificado: a Telecom Itália, sócia na BrT, é dona da Maxitel, operadora banda B em Minas Gerais. "Se eles nos mostrarem como superar esses obstáculos, poderíamos aceitar a proposta, que, por enquanto, entendemos como virtual", relata uma fonte ligada às fundações.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top