OUTROS DESTAQUES
OUVIDORIA
Ouvidora da Anatel admite que falta aprimorar a transparência da agência
segunda-feira, 04 de dezembro de 2017 , 15h36

A dificuldade de adoção de regras de compliance no serviço público, onde ainda imperam as indicações políticas, foi apontada em palestra pela ex-ministra do Superior Tribunal de Justiça, Eliana Calmon, nesta segunda-feira, 4, na Anatel. O tema debatido foi ética e transparência, em uma promoção da Ouvidoria da agência. De acordo com a ex-ministra, a Petrobras tem regras de compliance há mais de 20 anos e acabou na lava-jato.

"Todos que estão no governo estão no olho do furacão, quando o assunto é ética", disse a advogada. Segundo ela é preciso apressar o processo de ética na administração pública, começando por não aceitar coisas erradas dentro das companhias. "O compromisso ético não é conosco, mas com o coletivo", disse.

Para a ouvidora da Anatel, Amélia Alves, ainda falta aprimorar a transparência na agência. Ela diz que o órgão que dirige deve se preocupar com compliance, repensando como as coisas estão sendo feitas, e não apenas nos problemas com os consumidores. "Nosso trabalho tem que estar em linha com o planejamento estratégico, que inclui debate sobre orçamento, o trato da coisa pública e competição", afirma.

"Estamos inaugurando uma nova forma de fazer ouvidoria e, muitas vezes, isso causa estranheza", disse Amélia. Segundo ela, a palestra é mais uma ação propositiva da sua equipe.

Para o presidente da Anatel, Juarez Quadros, o trabalho da agência é árduo, já que ela regulamenta, outorga e fiscaliza os serviços de telecomunicações. Ele disse que o foco principal é minorar a ansiedade das pessoas por banda larga.

COMENTÁRIOS

1 Comentário

  1. VARLEI DISIUTA disse:

    Anatel limita-se apenas a ouvir as reclamações dos clientes das operadoras. Copiam o que nós dizemos e repassam. Resumindo, as operadoras riem e debocham dos seus "clientes". Alguma dúvida a respeito? é só fazer um teste. Estão simplesmente debochando da cara do cidadão…mais nada!

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor de telecomunicações, discutirá em 2018 os rumos da indústria depois do ciclo de sucesso completado com os 20 anos da privatização do sistema estatal de telecomunicações. A realidade da Internet das Coisas, a chegada da tecnologia de 5G, a necessidade um ambiente mais flexível e dinâmico para os investimentos essenciais a esta nossa etapa e um modelo preparado para o futuro são alguns dos desafios em debate, com presença dos presidentes das principais empresas prestadoras de serviços e provedoras de tecnologias, além de autoridades, reguladores e especialistas.
Em sua edição de número 62, o Painel TELEBRASIL 2018 ganha um dia a mais de debates, com mais espaço e oportunidades para a troca de informações, relacionamento e atualização, tanto para profissionais da indústria quanto para reguladores e formuladores de políticas, que têm acesso gratuito ao evento (mediante inscrição prévia). É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas neste novo ciclo.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
EVENTOS

Evento oficial da Associação Brasileira de Empresas de Telecomunicações, o Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor. É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top