OUTROS DESTAQUES
Estratégia
TIM planeja banda larga FTTH e parceria com serviço de vídeo em 2018
quarta-feira, 04 de outubro de 2017 , 19h18

A TIM tem em sua estratégia a evolução não apenas deixar de ser uma simples provedora de infraestrutura (dumb pipe), mas evoluir para o conceito de "smart pipe" com o objetivo final de ser uma provedora de serviços digitais. A companhia pretende para isso continuar a tendência dos últimos 18 meses de oferecer soluções por cima da camada de acesso. Segundo o presidente da empresa, Stefano De Angelis, a companhia planeja para 2018 mais recursos e possíveis acordos. "Vamos lançar também um serviço de vídeo com parceria", declarou ele durante painel na Futurecom nesta quarta-feira, 4. O executivo não detalhou se planeja lançar um combo com parceria com algum provedor de vídeo over-the-top, mas a apresentação chamou a estratégia de "preparando a convergência" com serviços digitais multimídia.

O presidente da operadora prometeu também "grandes novidades" para o acesso fixo. A companhia pretende lançar no próximo ano a solução de última milha de fibra até a residência (FTTH) na Live TIM em 2018, evoluindo a infraestrutura atualmente na tecnologia FTTc. Ainda assim, ele fala em "expansão seletiva" da rede FTTx. A companhia também planeja aumentar a oferta de WTTx, a banda larga por rede móvel 4G, conforme mais municípios com 700 MHz são liberados.

Para o segmento móvel, De Angelis ressaltou as ofertas de pós-pago TIM Black e prometeu novos produtos em breve. "Estamos evoluindo finalmente para finalmente para o plano família e novos planos para PMEs", declarou. Além disso, planeja continuar a aumentar a cobertura LTE com a liberação da faixa de 700 MHz (e com serviço de VoLTE), atingindo 90% da população com o serviço. "A gente sofreu bastante na época do 3G, agora para nós (o foco) é liderança em cobertura e qualidade de serviço, foi a grande alavanca estrutural e não poderíamos ter o TIM Black sem esses avanços", disse.

COMENTÁRIOS

2 Comentários

  1. Flávio Alves disse:

    A TIM já vem falando em FTTH desde de 2015, que lançaria em 2016 e nada aconteceu rs. Agora vem com essa de 2018. Essa TIM é uma piada de muito mal gosto. Só pesquisar que vai ver essa promessa da fibra em matérias antigas.

  2. Cláudio disse:

    Os clientes desejam saber quem serão os primeiros a receber a fibra em nossa residência, o novo cliente ou o antigo, valorizando este último com essa boa novidade que já chega atrasada? Será que essa "expansão seletiva" possa ser um "beta tester" ou algo parecido?
    Quem sabe se o parceiro seja a NETFLIX unindo a fibra e a tecnologia 4K? Lembro que a TIM já teve sua IPTV mas não vingou, ou estou errado? Mas se o crescimento de ofertas de OTT's tem chamado a atenção de operadoras de TV por Assinatura, está mais do que na hora da TIM entrar de cabeça nesse seguimento.
    Eu pago muito caro para ter uma TV PAGA e não encontrar os meus filmes favoritos. A banda larga da TIM propicia este avanço e se a estratégia da TIM é se preparar para a convergência, com serviços digitais multimídia, será um grande salto entre as concorrentes no mercado Brasileiro de TV por Assinatura VDO e streaming.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top