OUTROS DESTAQUES
SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES
Apenas TV paga teve crescimento de reclamações na Anatel em julho
segunda-feira, 04 de setembro de 2017 , 17h32 | POR REDAÇÃO, COM ASSESSORIA DE IMPRENSA

A Anatel registrou, em julho, 281,1 mil reclamações a serviços de telecomunicações, queda de 11,1% na comparação com o mesmo mês de 2016. Com exceção da TV por Assinatura, que apresentou 41 mil reclamações (aumento de 5,8%), os outros serviços de telecomunicações apresentaram redução: telefonia móvel, com 133,5 mil queixas (queda de 16,8%), telefonia fixa, com 60,6 mil (de 12,8%), e banda larga fixa, com 43,9 mil (de 3,9%).

As cobranças indevidas continuam no topo das queixas, chegando a 51,37% das anotações relativas ao serviço de telefonia móvel pós-paga, 50% das reclamações contra TV por assinatura e 39,79% contra a telefonia fixa (39,79%). O maior número de reclamações na banda larga fixa foi o de qualidade do serviço (45,73%). Na telefonia móvel pré-paga foram queixas relativa a créditos (48,12%).

O segundo lugar no maior conjunto de reclamações foi para a cobrança na banda larga fixa (21,85%), e para a qualidade do serviço na telefonia fixa (20,45%) e na TV por Assinatura (11,01%). Reclamações relativas a ofertas, como promoções e bônus, foram também o segundo maior grupo de queixas na telefonia móvel pré-paga (15,49%) e pós-paga (10,07%).

No segmento móvel pré-pago, reclamações sobre qualidade formaram o terceiro maior conjunto de reclamações (12,81%). Na banda larga fixa foram queixas relativas à instalação ou habilitação do serviço (11,37%). As reclamações relativas às ofertas ocuparam o terceiro lugar na TV por assinatura (9,54%). E na telefonia móvel pós-paga (8,61%) e na telefonia fixa (7,75%) foram queixas relativas a cancelamento.

Prestadoras

Todas as teles mostraram redução nas reclamações. A empresa mais reclamada foi a TIM com 45,3 mil reclamações (recuo de 13,7%), seguida pela Vivo com 32,6 mil reclamações (17,3%), Claro com 29,4 mil reclamações (10%), Oi com 16,8 mil reclamações (-21,4%) e Nextel com 8,9 mil reclamações (37,9%).

Na telefonia fixa, todos os grupos acompanhados pela Anatel também apresentaram redução em julho em comparação com o mesmo mês do passado: Oi, com 32,1 mil reclamações (declínio de 18,3%), Vivo, com 18,5 mil (8,5%) e Net/Claro, com 8,2 mil (1,3%).

Com 3,4 mil reclamações registradas em julho de 2017, somente a Oi apresentou queda no volume registrado pela agência na TV por Assinatura (de 25,9%). Os outros grupos acompanhados pela agência reguladora apresentaram aumento: Net/Claro, com 19,4 mil reclamações (crescimento de 10%), Sky, com 15,2 mil (11,7%) e Vivo, com 2,7 mil (3,8%).

Os dados de julho na banda larga fixa em comparação com o mesmo mês do ano passado indicaram redução para as prestadoras Oi, 18,8 mil reclamações em julho (recuo de 6,6%), e Vivo, 12,4 mil (de 6,2%). A Net registrou aumento, 7,5 mil queixas (22,3%).

COMENTÁRIOS

2 Comentários

  1. VARLEI DISIUTA disse:

    DO QUE ADIANTA RECLAMAR NA ANATEL DESTAS OPERADORAS DE TELEFONIA E TV A CABO. COMBINAM UM PREÇO COM O CLIENTE E NUNCA CUMPREM COVARDEMENTE. SE VAI RECLAMAR COM A ANATEL ELES SIMPLESMENTE DIZEM QUE NÃO PODEM FAZER NADA…SOMOS APENAS ESTATISTICAS NO LIVRO DA AGENCIA. DIZEM APENAS QUE AS OPERADORAS "PERDEM PONTOS"…NADA MAIS. SÃO TODOS MANCOMUNADOS E O CIDADÃO QUE VÁ PLANTAR COQUINHOS NO ASFALTO. ASSIM FUNCIONA A ESCULHAMBAÇÃO GERAL NA REPUBLIQUETA CHAMADA BRASIL.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

As publicações TI Inside, especializada no universo das Tecnologias a Informação, e TELETIME, foçada no mercado de telecomunicações, juntam forças para trazer um evento voltado para o universo da transformação digital e a exploração da nova fronteira dentro das empresas de telecom: a análise de dados gerados a partir das redes, o desenvolvimento de novos serviços inteligentes e as novas plataformas de relacionamento. Um evento voltado para empresas de telecomunicações e provedores de serviços e soluções de cloud, big data aplicado a telecom, analytics, customer experience, SDN e NFV

19 de setembro
Hotel Pulmann, SP, Brasil
EVENTOS

As publicações TI Inside, especializada no universo das Tecnologias a Informação, e TELETIME, foçada no mercado de telecomunicações, juntam forças para trazer um evento voltado para o universo da transformação digital e a exploração da nova fronteira dentro das empresas de telecom: a análise de dados gerados a partir das redes, o desenvolvimento de novos serviços inteligentes e as novas plataformas de relacionamento. Um evento voltado para empresas de telecomunicações e provedores de serviços e soluções de cloud, big data aplicado a telecom, analytics, customer experience, SDN e NFV

19 de setembro
Hotel Pulmann, SP, Brasil
Top