OUTROS DESTAQUES
Ênfase no WLL mas sem exclusividade
quinta-feira, 04 de fevereiro de 1999 , 19h00 | POR REDAÇÃO

A ênfase tecnológica da Canbrá será o WLL, até para poder atingir as metas previstas. Um dos sistemas a serem utilizados é o da sócia Qualcomm, o CDMA – IS 95, que já antecipou a ampliação de uma fábrica para produzir no Brasil estes equipamentos. Segundo Rafael Steinhauser, vice-presidente da Qualcomm do Brasil, o consórcio não utilizará apenas a tecnologia de sua empresa nas operações. Steinhauser disse ao TELETIME News que todas as variações tecnológicas para proporcionar acesso estão nos planos da empresa. Desta forma também serão utilizadas freqüências diversas de WLL.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top