OUTROS DESTAQUES
O pré-pago e a baixa rentabilidade
quinta-feira, 03 de fevereiro de 2000 , 21h07 | POR REDAÇÃO

A questão da baixa rentabilidade do pré-pago é analisada pela Telesp Celular com base na seguinte relação: à redução da margem de lucro unitário deve corresponder o respectivo aumento da base de clientes. O vice-presidente da operadora diz que é natural que a margem caia por causa da escala e que o segmento tem menor capacidade de consumo. Segundo Rondinelli, a "assimetria transitória" vai ser superada em breve, ou seja, o valor das ligações de celular para fixo e de fixo para celular tendem a se equiparar. Hoje, de acordo com o diretor, 60% é de tráfego entrante e 40% é de tráfego saínte no pré-pago.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top