OUTROS DESTAQUES
O interesse de fabricantes europeus
quarta-feira, 02 de fevereiro de 2000 , 22h51 | POR REDAÇÃO

Os primeiros grandes interessados na adoção do GSM no Brasil são os fornecedores europeus ausentes no mercado nacional: a alemã Siemens, a francesa Alcatel e a finlandesa Nokia – fornecedora apenas de handsets, e não de infra-estrutura em CDMA e TDMA. Na estimativa da Siemens, o PCS deve representar de 15% a 20% de um total de 40 milhões de assinantes de telefonia móvel estimados para 2005 no país. Não por acaso, a empresa já se comprometeu com a Anatel em fabricar terminais dual mode em GSM e TDMA compatíveis com a freqüência de 1,8 MHZ, caso a freqüência seja a escolhida, para viabilizar o roaming de operadoras de PCS com as de telefone celular no Brasil.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top