OUTROS DESTAQUES
Falta de autorização automática frustra Telefônica
sexta-feira, 01 de Março de 2002 , 20h10 | POR REDAÇÃO

A Telefônica ainda não se pronunciou oficialmente sobre a certificação. Mas sabe-se que a empresa esperava receber automaticamente com a certificação a autorização para prestar serviços de telefonia fixa local e de longa distância em todo o País. Em princípio, pelo contrato de concessão, bastaria apenas a operadora antecipar as metas para ter direito a operar em outras áreas ou serviços. A Anatel, contudo, quer aproveitar a ocasião para resolver as pendências que existem em relação à empresa. Sobre esta questão, o conselheiro Antônio Carlos Valente declarou ao TELETIME News que não vai se tratar de um "xeque-mate", mas de uma negociação entre a operadora e Anatel.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top