OUTROS DESTAQUES
Negociações estão paradas com Brasil Telecom, diz Intelig
sexta-feira, 01 de Fevereiro de 2002 , 19h52 | POR REDAÇÃO

A única grande concessionária local cuja rede a Intelig sabe que não usará tão cedo é a Brasil Telecom (BrT). "As chances de conseguirmos fechar acordos são maiores com aquelas operadoras que estão antecipando as metas e que pedirão novas licenças de STFC. Não é o caso da Brasil Telecom", explica Rivière, justificando o porquê de não encaminhar novo pedido semelhante à operadora por enquanto. A Intelig, a exemplo do que fez com as demais incumbents locais, chegou a solicitar o unbundling da BrT antes da publicação das novas regras do STFC, sem obter resposta. Após a emissão das regras, reiterou os pedidos, deixando de fora a operadora, que já tinha decidido não antecipar as metas de 2002.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top